Você está em: Notícias»Finalizada SESSÃO DE JULGAMENTO

Finalizada SESSÃO DE JULGAMENTO

Finalizada SESSÃO DE JULGAMENTO
A sessão de julgamento da Comissão Processante nº 01/2021, instaurada a partir da denúncia popular que alega possíveis irregularidades por parte do Executivo Municipal, reagendada para hoje, 01/06, transcorreu conforme prevê a legislação. Iniciada a reunião, o processo foi lido na íntegra; os Vereadores explanaram a respeito das investigações e ponderaram sobre a lisura do processo da Comissão Processante. Seguindo o rito, o procurador do Chefe do Poder Executivo, Dr. Raimundo Cândido Neto, pontuou quanto as alegações infundadas da denúncia, afirmando haver vícios no processo, por ausência de imparcialidade do denunciante que possui inúmeras manifestações em redes sociais, de amplo conhecimento e intuito absolutamente político, na tentativa de denegrir a imagem do prefeito e desestabilizar a gestão municipal, desvirtuando os fatos e apresentando à Câmara de Vereadores de forma precoce, ou seja, menos de 30 dias úteis de efetivo exercício. O prefeito, Marcelo Nonato Figueiredo, em seu pronunciamento pediu aos parlamentares que estabeleçam discussões, estejam ao lado do povo e de Esmeraldas, que comunguem com ações compatíveis para a melhora da vida dos esmeraldenses, não permitindo que inverdades e distorções atrapalhem o governo e que o respeito impere entre os Poderes Executivo e Legislativo. Afirmou sobre as dificuldades e precariedade da máquina pública, mas disse estar trabalhando ao lado do vice-prefeito para sanar questões e melhorar o serviço público do município, lamentando o parecer final expedido pela relatora da Comissão Processante. Sintetizou ainda que ele e o Vice, Rodrigo Sampaio, oriundos de Melo Viana e Novo Retiro, regiões carentes e distantes do centro, sentem na pele as deficiências do município, e sabem a fundo os anseios da população, diferente dos que fazem parte da colônia de poderosos existente no município há anos. Reitera que vislumbra uma Nova Esmeraldas, com oportunidades para todos, numa relação de construção mútua e de respeito ao dinheiro público. Após as manifestações, os Vereadores apresentaram de forma nominal seus votos. Sete Vereadores votaram NÃO, entendendo não haver infração, sendo eles: Vereador Agnaldo Lourenço de Oliveira, Alain Delon Borges da Silva, Carla Nicolau de Oliveira Ferreira, Raphael Avelar F. de Andrade, Marcelo Palhares Vieira, Vânia Teixeira da Rocha e Simone Caetano dos Santos Pádua; e quatro votaram SIM entendendo pelo cometimento da infração, sendo: Gustavo Henrique M. de Oliveira, klibas Aparecido Andrade, Valéria Pereira Batista e Vicente Paulo da Silva. O Presidente da Casa, Vereador Agnaldo Lourenço de Oliveira, apurou os votos e declarou ABSOLVIDO o Prefeito Municipal, determinando o arquivamento dos autos e encaminhamento de ofício ao Tribunal Regional Eleitoral, informando o resultado, finalizando assim, a sessão às 16:15h. A reunião pode ser acessada na íntegra através dos links abaixo: <https://www.facebook.com/camaraesmeraldas.mg.gov.br/videos/211995227266287> <https://www.youtube.com/watch?v=IOlBL7TVTgM>


© 2021 - Desenvolvido por Lancer