Você está em: Notícias»AUXÍLIO EMERGENCIAL COVID-19: Governo Federal inicia pagamento de benefício e lança aplicativo para cadastro dos trabalhadores informais e microempreendedores individuais

AUXÍLIO EMERGENCIAL COVID-19: Governo Federal inicia pagamento de benefício e lança aplicativo para cadastro dos trabalhadores informais e microempreendedores individuais

AUXÍLIO EMERGENCIAL COVID-19: Governo Federal inicia pagamento de benefício e lança aplicativo para cadastro dos trabalhadores informais e microempreendedores individuais
O Governo Federal iniciou hoje (07/04) o pagamento do auxílio emergencial (Estimado entre R$600,00 e R$1.200,00) as pessoas cadastradas no CadÚnico, correntistas da Caixa ou Banco do Brasil que cumprem os requisitos do benefício, sendo: - Ter mais de 18 anos; - Não ter emprego formal; - Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou participar de programa de transferência de renda federal (exceto pelo Bolsa Família); - Ter renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$522,50) ou, no total, de até três salários mínimos (R$3.135,00); - Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018. - A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$1.200,00 (duas cotas) por mês. O Coronavoucher, como foi apelidado, busca aliviar os efeitos da quarentena imposta pela pandemia do COVID-19 às famílias de baixa renda, beneficiários do Bolsa Família, trabalhadores informais sem carteira assinada e renda fixa, desempregados, além de microempreendedores individuais. O benefício está previsto por três meses (1ª Parcela: até 14 de abril, 2ª Parcela: entre 27 e 30 de abril, 3ª parcela: entre 26 e 29 de maio). Os beneficiários do bolsa família que recebem valor inferior a cota de R$600,00 passa a receber automaticamente o valor mais vantajoso, a ser creditado conforme calendário habitual do programa (mesma data que já recebem o benefício), não sendo necessário cadastro. Já os trabalhadores informais que não possuem cadastro no CadÚnico, autônomos, MEI e contribuintes individuais do INSS deverão cadastrar através do link https://auxilio.caixa.gov.br/#inicio <https://auxilio.caixa.gov.br/> ou baixar o aplicativo gratuito Caixa – Auxílio Emergencial, disponível nas plataformas Android e IOS (Iphone), através das Play Stores correspondentes. Os trabalhadores que não possuem acesso à internet poderão se inscrever nas agências da Caixa ou nas casas lotéricas. O telefone 111 foi disponibilizado apenas para tirar dúvidas, não sendo possível a inscrição através do mesmo.


© 2020 - Desenvolvido por Lancer